2514325 Bebecê Feminina Metalizada Rasteirinha Rasteirinha Feminina PRETO wpqvxZSX0P 2514325 Bebecê Feminina Metalizada Rasteirinha Rasteirinha Feminina PRETO wpqvxZSX0P 2514325 Bebecê Feminina Metalizada Rasteirinha Rasteirinha Feminina PRETO wpqvxZSX0P 2514325 Bebecê Feminina Metalizada Rasteirinha Rasteirinha Feminina PRETO wpqvxZSX0P 2514325 Bebecê Feminina Metalizada Rasteirinha Rasteirinha Feminina PRETO wpqvxZSX0P 2514325 Bebecê Feminina Metalizada Rasteirinha Rasteirinha Feminina PRETO wpqvxZSX0P 2514325 Bebecê Feminina Metalizada Rasteirinha Rasteirinha Feminina PRETO wpqvxZSX0P 2514325 Bebecê Feminina Metalizada Rasteirinha Rasteirinha Feminina PRETO wpqvxZSX0P

2514325 Bebecê Feminina Metalizada Rasteirinha Rasteirinha Feminina PRETO wpqvxZSX0P

Publicado em 31/08/2018 11:31 e atualizado em 02/09/2018 08:36
Jair Bolsonaro, de acordo com os rastreamentos diários do sistema financeiro, subiu três pontos depois da entrevista ao Jornal Nacional, diz Sônia Racy, no ESTADÃO

Pesquisa XP/Ipespe: Bolsonaro continua isolado na liderança, mesmo com Haddad “apoiado por Lula”

Pesquisa XP/Ipespe mostra que Jair Bolsonaro (PSL) continua isolado na liderança, mesmo no cenário em que o nome de Fernando Haddad (PT) aparece como "apoiado por Lula".

Bolsonaro tem 21% das intenções de voto e quatro estão empatados tecnicamente em segundo lugar:

Haddad apoiado por Lula com 13%, Marina Silva (Rede) com 10%, Ciro Gomes (PDT) com 10% e Geraldo Alckmin (PSDB) com 8%.

A margem de erro é de 3,2 pontos percentuais para mais ou para menos.

No cenário em que o nome de Haddad é apresentado sem menção a Lula, Bolsonaro lidera 23% da intenção de voto.

Na simulação com Lula, o ex-presidente lidera com 33%.

Apesar de condenado em 2º instância e inelegível pela Lei da Ficha Limpa, Lula é o candidato oficial do PT e precisa ter seu nome nas pesquisas até ter sua candidatura barrada pela Justiça Eleitoral.

A pesquisa, de abrangência nacional, foi feita por telefone de 27 a 29 de agosto.

Bolsonaro é o primeiro, mas o mais rejeitado

A pesquisa da XP, que acaba de ser divulgada, mostra Jair Bolsonaro em primeiro lugar, com 23% dos votos.

Na última semana, ele passou a ser também o candidato mais rejeitado, com 61% dos eleitores.

São Paulo é Bolsonaro

Jair Bolsonaro continua em primeiro lugar em São Paulo.

Segundo o Instituto Paraná, ele tem 23,1% dos votos, contra apenas 17% de Geraldo Alckmin.

No cenário que inclui Lula, ele aparece com 21,9%, contra 21,8% do criminoso condenado pela Lava Jato.

O desempenho de Geraldo Alckmin, nesse caso, é ainda mais desastroso: ele tem 14%.

Em SP, ‘não votos’ ainda em 18,1%

A fatia de ‘não votos’, que incluem brancos, nulos e indecisos, continua alta em São Paulo, a pouco mais de um mês do primeiro turno das eleições, marcado para 7 de outubro. De acordo com um levantamento realizado pela Paraná Pesquisas no Estado, o total de ‘não votos’ chega a 18,1%. Entre os entrevistados, 12,8% declararam que não votariam em nenhum candidato e 5,3% disseram não saber em quem votar.

A Paraná Pesquisas ouviu 2 mil eleitores, em 85 municípios, entre 25 e 30 de agosto. A margem de erro é de 2 pontos percentuais. A pesquisa está registrada no TSE sob o n.º BR-08470/2018. / J.F.

Ainda em posição de vice, Haddad entra no radar do mercado com chances de 2º turno

Por Lisandra Paraguassu

BRASÍLIA (Reuters) - Provável candidato do PT à Presidência, o ex-prefeito de São Paulo Fernando Haddad cresceu nas bolsas de apostas, já é visto pelo mercado financeiro como um dos nomes possíveis no segundo turno das eleições de 2018 e, apesar de carregar o peso do partido, tem conseguido acalmar, discretamente, os temores de investidores com um eventual governo petista.

Fontes do mercado ouvidas pela Reuters afirmam que, mesmo com diferenças de visão econômica, a avaliação de quem ouviu o ex-prefeito de São Paulo --hoje vice na chapa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva-- foi positiva.

"Quem teve contato com ele ficou bem impressionado. A avaliação foi de que Haddad é muito mais razoável que o PT, não tem bloqueio no diálogo", disse uma das fontes que participaram de encontros organizados para ouvi-lo.

Desde que foi confirmado na chapa como vice de Lula e seu mais provável substituto com a possível impugnação da candidatura do ex-presidente, Haddad passou a ser procurado com mais insistência por representantes de investidores, bancos e agência de risco, entre outros agentes do mercado.

Até agora, foram conversas com JP Morgan, Itaú, Morgan Stanley, USB, XP investimentos, Guide Investimentos, BTG Pactual. Há convites ainda para serem marcados com Credit Suisse, Genial Investimentos, BGC/HSBC, Banco Plural, Concordia e com a Febraban, a federação dos bancos, que chegou a ser marcado, mas não aconteceu.

A preocupação com o ex-prefeito e o que ele pensa começou a surgir com a visão do mercado de que Haddad pode estar no segundo turno das eleições de 2018, possivelmente com o candidato do PSL, Jair Bolsonaro. Na bolsa de apostas dos investidores, seu nome cresceu nas últimas semanas.

Na pesquisa Datafolha divulgada na semana passada, quando Haddad aparece como candidato, ele soma 4 por cento das intenções de voto. No entanto, o levantamento mostra que 31 por cento votariam com certeza em um candidato indicado por Lula.

Pesquisa XP, desta semana, sugere um pouco mais explicitamente o potencial do ex-prefeito. Quando Haddad aparece simplesmente como candidato do PT ele tem 6 por cento das intenções de voto, numericamente em quinto lugar. Mas quando ele aparece como sendo o candidato apoiado por Lula ele salta para 13 por cento, numericamente em segundo lugar.

"Esse é o cenário base, Haddad e Bolsonaro. Alckmin tem caído muito nas últimas semanas", revelou uma das fontes.

Metalizada Feminina Feminina PRETO Rasteirinha Bebecê Rasteirinha 2514325 Daí a necessidade de conhecer o petista e saber o que Haddad pensa. A Reuters ouviu cinco fontes que estiveram com o ex-prefeito em diferentes encontros. O diagnóstico é o mesmo: bem preparado, com capacidade de diálogo, sem ideias estapafúrdias e, se não é pró-mercado, não seria um inimigo do mercado. Mas, carrega consigo um PT que, hoje, é mais radical e menos aberto ao diálogo.

"Haddad se mostrou bem mais aberto ao diálogo que a gente estava esperando. Passa imagem muito moderada que agrada mercado, mas tem o temor de sempre do PT. Mas dentro da possibilidade de vencer alguém de esquerda, o nome dele é o mais palatável. Há mais previsibilidade, é possível conversar", disse uma analista de mercado.

Um outro analista ouvido pela Reuters reafirmou a simpatia pela capacidade de diálogo do ex-prefeito e da intenção de conversar com outras forças políticas, caso seja eleito.

Do outro lado, Haddad ainda deixa dúvidas sobre que caminhos poderá tomar. A maior delas é se quem assumirá a Presidência, em caso de uma vitória, será ele mesmo --independente e com um viés mais centrista-- ou o PT atual que, ao contrário do que assumiu com Lula em 2002, é mais à esquerda e menos dado a concessões.

"A grande questão hoje é: se ele ganhar vai ficar com essa agenda ou ele vai para voltar para o centro? Ser mais Haddad e menos Lula? O PT e o Lula de hoje não são mais os mesmos de 2002. Investidores do mundo inteiro me perguntam isso", disse uma das fontes.

Alinhado aos tucanos, o economista Samuel Pessôa conhece Haddad desde a escola e fizeram na mesma época o mestrado em economia na Universidade de São Paulo. É um dos nomes citados pelo ex-prefeito, com quem tem ótima relação e afirma não ter dúvida da sua correção e acredita que "ele é diferente mesmo".

"Vendo a trajetória dele no Ministério da Educação, na prefeitura, ele é diferente mesmo. Não acho que viria um PT 'bolivariano'. Ele fez, por exemplo, uma transição muito saudável na prefeitura. Fernando é uma Pessôa do campo democrático", disse.

Pessôa afirma ainda que Haddad não é um "aventureiro", mas levanta as mesmas dúvida: Como o ex-prefeito vai lidar com o PT?

"O PT que está aí é muito amargurado, rancoroso, autoritário. Ele vai ter que conversar com os caras razoáveis do PT", afirmou.

Um dos pontos centrais do programa do PT, visando aumentar o crédito e barateá-lo, é uma maneira de forçar os bancos a diminuírem o spread bancário -a diferença do custo da captação e a taxa cobrada pelos bancos ai consumidor final- aumentando o dinheiro disponível na praça. A proposta petista prevê o aumento de impostos aos bancos que mantiverem o spread nas taxas atuais que, segundo o Banco Central.

A ideia é defendida por Haddad, mas é uma das que não caem bem aos ouvidos do mercado. “Essa proposta de carga variável é uma bobagem. Carga variável de tributo só vai é fazer aumentar o spread”, avaliou Pessôa.

Feminina Rasteirinha PRETO 2514325 Metalizada Bebecê Rasteirinha Feminina INCERTEZA

Verniz Scarpin Feminino Scarpin Feminino 7005541 VERMELHO Boneca Modare tfv4WUWwq

Pessôa, no entanto, critica algumas declarações de pessoas que têm falado pela linha econômica do PT, como Marcio Pochmann, que participou da elaboração do plano de governo do partido. O mesmo aparece em falas de representantes do mercado, que levantam dúvidas sobre quem seria a equipe econômica de Haddad.

"Pochmann fala uma língua, Haddad fala outra. Isso gera uma incerteza. É uma coisa que ele pode dirimir com tempo", disse uma das fontes. "A conversa com ele é muito melhor que com a instituição PT", afirmou.

"Pode melhorar. Uma das dúvidas hoje é quem vai ser o time dele", acrescentou outra fonte, lembrando que oficialmente Haddad ainda não é o candidato do partido, mas apenas o vice de Lula.

Nos encontros, o ex-prefeito desconversa quando perguntado sobre nomes, mas traça o perfil que gostaria de ter em seu ministério: um quadro conhecido do mercado, com boas credenciais e um perfil pragmático, e afinado ao projeto petista.

Haddad ainda passa aos interlocutores a ideia clara de que tem compromisso com rigor fiscal e o pragmatismo econômico, mas com a preocupação social.

Para um dos interlocutores, ficou ainda o desgosto com o tamanho do Estado que o petista defende. Outros, no entanto, se preocupam mais com questões pontuais, como o já anunciado teto de gastos ou o fato de a reforma da Previdência não estar no programa de governo.

"A frase que mais me incomodou foi: 'Se eleito não devemos esperar uma mudança na trajetória da dívida nos primeiros dois anos'", contou uma das fontes. O Brasil já tem previsto um déficit primário de 139 bilhões de reais para 2019, sem previsão imediata de redução.

HADDAD X BOLSONARO

Em uma eventual disputa de segundo turno com Bolsonaro, o mercado ainda aposta no ex-capitão do Exército pelo fato dele já ter apresentado sua "equipe econômica", o economista liberal Paulo Guedes. Há, no entanto, crescentes dúvidas sobre a capacidade de governar de Bolsonaro e sua imprevisibilidade.

"A agenda do mercado é liberal e essa é a agenda que Bolsonaro promete fazer. A dificuldade é imaginar a governabilidade depois. A capacidade dele de governar é questionada", explicou outra fonte. "Haddad é o contrário: não apresentou propostas que o mercado quer ouvir, mas apresentou ótima capacidade de diálogo, de articular um governo."

Uma última fonte ouvida pela Reuters aponta não uma "boa vontade", com o petista, mas reconhece que um segundo turno entre ele e Bolsonaro irá dividir o mercado.

"Acredito que o mercado ainda apoia o Bolsonaro, mas vai ser bem mais dividido. Se fosse o Alckmin o mercado gostaria mais", comentou.

Rasteirinha PRETO 2514325 Feminina Metalizada Rasteirinha Bebecê Feminina (Com reportagem adicional de Tatiana Bautzer, em São Paulo, e Marcela Ayres, em Brasília)

Fonte: Reuters/O Antagonista/Estadão

3 comentários

Rasteirinha Feminina Metalizada Bebecê 2514325

Rasteirinha feminina confeccionada em material sintético metalizado com aplicação de lurex no cabedal. Possui palmilha com alta absorção de impacto e umidade, solado flexível, emborrachado com frisos antiderrapante para garantir maior segurança e conforto ao caminhar.

Informações Adicionais:
Tamanhos: 33 ao 40
Cores: dourado, preto
Modelo: Rasteirinha Feminina Metalizada Bebecê 2514325
Material: sintético, tecido
Detalhes adicionais: metalizado, lurex 
Solado: antiderrapante
Palmilha: macia
Marca: Bebecê 
Foto realizada com tamanho: 38
Categoria: Moda Feminina - Calçado Feminino - Rasteirinha 
 

BEBECÊ

Calçados Bebecê possuem palmilhas com espuma interna e proteção no calcanhar, evitando ferimentos. São realizados testes diários de aprovação de calce em todos os modelos.

Maior segurança, teste de resistência de sola e tiras.

Pintura Automotiva: saltos testados com solvente, não arranham e não descascam, trazendo maior durabilidade.

Rasteirinhas Feminina com Ótimos Preços na Marisa. Compre Rasteirinha Feminina em até 12X sem juros no cartão Marisa e em até 10X nos demais cartões. Aproveite!